debconf-getlang






debconf‐getlang − extrai um idioma de um arquivo de modelo


 debconf−getlang idioma principal [tradução]
 debconf−getlang −−stats principal tradução [...]

Note: This utility is deprecated; you should switch to using
the po‐debconf package.

     Este programa ajuda a fazer e gerenciar traduções de
modelos debconf.  Existem basicamente três situações nas
quais este programa deveria ser chamado :

Uma tradução está sendo iniciada.
    You want to provide the translator with a file they can
    work on that has the English fields from your templates
    file, plus blank Field‐ll fields for the target language
    that they can fill in.

    Para fazer isso, execute o programa com o primeiro
    parâmetro sendo o código para o idioma para o qual o
    modelo está sendo traduzido, e o segundo parâmetro
    sendo o nome de arquivo do arquivo de modelo em inglês.

Uma tradução está bem no meio.
    Você modificou algum texto em inglês, ou adicionou
    mais itens em seus arquivos de modelo e quer enviar aos
    tradutores um arquivo com o texto em inglês mais as
    traduções atuais deles (ou você é o tradutor e você
    quer gerar este arquivo para seu próprio uso).

    Para fazer isso, execute o programa com o primeiro
    parâmetro sendo o código para o idioma para o qual
    você está traduzindo, o segundo parâmetro sendo o
    nome do arquivo do arquivo de modelo principal em
    inglês e o terceiro parâmetro sendo o nome de arquivo
    do arquivo traduzido atual.

    Quando executado deste forma, o prorama é inteligente o
    bastante para notar traduções fuzzy. Por exemplo, uma
    descrição fuzzy será escrita como
    Description−<idioma>−fuzzy, e um novo
    Description−<idioma> será adicionado. Tradutores devem
    remover os campos −fuzzy na medida em que corrigem as
    traduções fuzzy.

Checando o status de uma tradução
    Para checar o status de uma tradução, use a flag
    −−status e passe o arquivo de modelo em inglês como o
    primeiro parâmetro, e todos os outros modelos
    traduzidos depois disso. Isso irá mostrar estatÃsticas
    para cada um deles, Por exemplo :

      debconf−getlang −−stats debian/templates debian/templates.*









                             ‐2‐


Note que o texto nos modelos gerados podem ser "word‐
wrapped" pelo debconf.

debconf−mergetemplate(1)

Joey Hess <joeyh@debian.org>

André LuÃs Lopes <andrelop@debian.org>